Para Vagner Mancini, o Vitória fez a sua pior partida sob o seu comando - Alagoinhas FM

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Para Vagner Mancini, o Vitória fez a sua pior partida sob o seu comando

Apresentação ruim
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

O técnico Vagner Mancini não gostou da atuação do Vitória no revés para o São Paulo por 2 a 1, no estádio do Barradão, neste domingo (17), pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. O comandante reconheceu que o adversário mereceu o triunfo.

"Nesses oito jogos, essa foi a nossa pior apresentação. O Vitória não conseguiu, desde o primeiro tempo, mandar nas ações do jogo. O São Paulo até demorou para fazer o gol e eu alertei no intervalo de que se continuasse com essa atuação, nós também teríamos mais dificuldades ainda no segundo tempo. O São Paulo tinha uma maneira de joga com dois homens abertos de velocidade e movimentação que fazia com nós não tivéssemos a posse de bola. Além do São Paulo merecer ganhar a partida, o Vitória também jogou muito abaixo do que vinha jogando", explicou.

Ele também admitiu que as substituições feitas não surtiram o efeito desejado. "Não tivemos a posse de bola na parte ofensiva. Nós roubávamos a bola no primeiro tempo e jogávamos para trás, queríamos ter a posse com Kanu e com Wallace. Nós erramos demais nesse sentido. As substituições na segunda etapa foram nesse sentido. Como nós estávamos perdendo de 1 a 0 e o São Paulo recuou, eu precisava de alguém que botasse a bola no chão e que fizesse essa bola circular para um lado e pro outro. E também a bola parada do Cleiton Xavier, porque eu via que o Vitória não tinha velocidade para isso, não vinha agredindo o São Paulo como vinha fazendo nos outros jogos. Então, coletivmente, a gente fez um jogo muito abaixo. As substituições não surtiram efeito, o Vitória acabou fazendo um gol no final da partida, por muito mais em função de pressão por jogar em casa, por causa de bola aérea, do que uma jogada construída".

O revés derrubou o Vitória para a 19ª posição com 26 pontos. Nas próximas duas partidas, o Leão vai jogar fora de casa. O primeiro desafio será contra o Atlético-MG, no próximo domingo (24), às 19h, no Independência. Depois, encara o Botafogo no Engenhão, no outro domingo (1º), às 11h. Mancini disse que espera jogos difícieis, mas lembrou que a equipe já voltou para Salvador com bons resultados na bagagem.

"Não tem outra maneira. Assim como nós reequilibramos a campanha vencendo jogos difíceis fora de casa. Nós sabíamos lá atrás que seria difícil. Ninguém achou que após algumas vitórias, a gente ia desencadear somente vitórias. A derrota e o empate fazem parte do jogo. A gente sabe disso. Agora, você empatar diante do Fluminense jogando um bom futebol te dá um alento, faz com que você gere uma boa expectativa, mas quando você perde jogando mal, aí você já recebe muitas críticas, o atleta sente emocionalmente dentro de campo. O mais importante é a gente reconhecer que não foi um bom dia e que domingo seja melhor, mesmo atuando fora de casa e que o Vitória seja consistente e possa buscar mais uma vitória", disse.

BN



Nenhum comentário:

Postar um comentário