O ator Érico Brás vence processo por racismo contra companhia aérea - Alagoinhas FM

quinta-feira, 29 de junho de 2017

O ator Érico Brás vence processo por racismo contra companhia aérea

BBDnXiQ

Érico Brás venceu o processo que moveu contra a Avianca, no ano passado. O ator acionou a Justiça após ter sido expulso com a esposa, Kenia Maria, de um voo que partiria de Salvador ao Rio de Janeiro.
A decisão é do 23º Juizado Especial Cível do Rio de Janeiro, que condenou a companhia aérea a indenizar o ator em R$ 35 mil por danos morais, de acordo com o jornal "O Globo".
A confusão aconteceu no dia 31 de março do ano passado, quando o casal tentava encontrar um local para guardar a bagagem de mão. Como não encontrou espaço vazio, a parceira do famoso tentou colocar sua mala embaixo da poltrona em frente à sua.
Segundo o humorista, o comandante disse que a bagagem não poderia ficar naquele local e a guardou no compartimento de malas com agressividade. Chamado de "mal educado", o funcionário acionou a Polícia Federal.
"O comandante alegou aos policiais que eu era uma ameaça a ele nas duas horas de voo. Eu disse que só ia embora com eles do avião para não atrasar a vida dos passageiros que precisavam viajar", explicou Érico ao "Ego" na época.

Nenhum comentário:

Postar um comentário