Família de Caio Júnior pede R$ 30 milhões de indenização à Chapecoense - Alagoinhas FM

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Família de Caio Júnior pede R$ 30 milhões de indenização à Chapecoense

Família de Caio Júnior pede R$ 30 milhões de indenização à Chapecoense

A família do treinador Caio Júnior, morto no acidente que vitimou atletas, diretores e membros da comissão técnica da Chapecoense em novembro de 2016, entrará nesta quarta-feira (5) com uma ação pedindo uma indenização de R$ 30 milhões na Justiça do Trabalho de Chapecó, em Santa Catarina. Caio Júnior assumiu o clube em junho de 2016 e morreu em um acidente de avião a caminho da Colômbia para a final da Copa Sul-Americana do mesmo ano. O valor é baseado no salário de R$ 120 mil que ele recebia no clube e nos anos em que ele poderia continuar trabalhando. De acordo com o GloboEsporte.com, a família teve dificuldade em receber valores indenizatórios e por isso entrará com o pedido na justiça. O clube negociava o pagamento aos atletas através do seguro, mas o acordo foi recusado pelos familiares. A família de Caio Júnior só recebeu até agora o seguro feito pela CBF, no valor de 12 vezes o salário do treinador. O advogado da família, Luís Fernando Pereira, afirmou que o anúncio acontecerá em uma homenagem ao treinador feita pelo Paraná Clube.

Nenhum comentário:

Postar um comentário