Entre críticas e apoio, Guto Ferreira confia em 'trabalho forte' dentro do Bahia - Alagoinhas FM

terça-feira, 4 de abril de 2017

Entre críticas e apoio, Guto Ferreira confia em 'trabalho forte' dentro do Bahia





Nos últimos dez anos, o cargo de treinador do Bahia passou por vários profissionais. Se manter no comando técnico por um bom tempo é uma missão difícil no futebol. Dividido entre a força na Arena Fonte Nova e as derrotas longe de Salvador, o técnico Guto Ferreira conseguiu o objetivo que lhe foi passado em junho, quando assumiu o clube: garantiu o acesso à Série A e permaneceu no clube. Em 2017, a missão é conquistar as competições do primeiro semestre e ter uma boa participação na Primeira Divisão. Com 281 dias no Fazendão, ele acredita que tem feito um bom trabalho. "Nos clubes que tenho passado, tenho conseguido atingir e terminar o ano para renovar na sequência por ter atingido os objetivos traçados. Espero que na sequência a gente possa alcançar nossos objetivos. Conseguimos no ano passado. Com dificuldades, sim, mas o que não tem dificuldade não tem valor", declarou, em entrevista ao Bahia Notícias. A torcida tricolor se divide nas opiniões sobre o técnico. Enquanto uns gostam, outros pedem a sua saída. "Peço desculpas a quem eu não tenha atendido às expectativas, mas nem Jesus Cristo conseguiu. Quero ganhar tudo e de goleada assim como eles. Mas trabalho não tem faltado e gerir pessoas não é algo fácil. Às vezes pode escapar algo aqui ou ali, mas buscamos sempre o melhor. A competência pode me faltar, mas a busca por ela não", indicou o técnico, que também falou sobre os próximos clássicos contra o Vitória, a sequência de 17 triunfos seguidos em Salvador, experiências internacionais e a luta pela Lei Caio Júnior, que visa regulamentar a profissão de técnico no Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário