Joaquim busca parceria da Brasil Kirin para melhorar educação e qualificar mão de obra em Alagoinhas - Alagoinhas FM

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Joaquim busca parceria da Brasil Kirin para melhorar educação e qualificar mão de obra em Alagoinhas

Joaquim busca parceria da Brasil Kirin para melhorar educação e qualificar mão de obra em Alagoinhas

Utilizar o esporte para melhorar os índices de aprendizado nas escolas da rede municipal de Alagoinhas e firmar parcerias para qualificar a mão de obra local. Este foram alguns dos principais assuntos tratados durante a visita do prefeito Joaquim Neto e do secretário de Desenvolvimento Econômico, Bruno Fagundes, nesta segunda-feira (23) à unidade fabril da Brasil Kirin em Alagoinhas.
Eles foram recebidos pela gerente nacional de comunicação corporativa e relações externas, Silvia Pereira, pelo gerente industrial da unidade, Gileno Correia, pelo gerente administrativo, Silvio Almeida, e pelo gerente de recursos humanos, Jaílton Gomes.
Os executivos apresentaram as ações já desenvolvidas pela Brasil Kirin em parceria com o Município, a exemplo de projetos de educação ambiental nas escolas, apoio à coleta seletiva e à reciclagem de materiais, além da doação de duas ambulâncias e dos investimentos feitos na revitalização da Praça Mario Laert (Praça da Schin) e na instalação de 10 câmeras de um circuito fechado de TV (CFTV) para a segurança da cidade.
Mão de obra – O gerente industrial Gileno Correia informou que a unidade de Alagoinhas possui 833 colaboradores diretos e 282 colaboradores de empresas terceirizadas. Segundo ele, 94% dos funcionários são nascidos em Alagoinhas, 5% são oriundos de outras regiões da Bahia e apenas 1% vem de outros estados.

Prefeito Joaquim Neto visita fábrica da Brasil Kirin - crédito Roberto Fonseca - Secom - Divulgação WEB
Na oportunidade, o secretário Bruno Fagundes (SEDEA) pediu o apoio da Brasil Kirin para participar do Serviço Municipal de Intermediação de Mão de Obra e se comprometeu em ampliar a oferta de cursos de capacitação dos trabalhadores locais.
“Temos dificuldade de preencher os cargos mais técnicos, mas essa parceria com a Prefeitura pode ajudar todo mundo, principalmente através do SENAI, com a oferta de cursos para atender o ramo de bebidas”, afirmou o gerente de RH Jaílton Gomes.


SECOM

Nenhum comentário:

Postar um comentário